Temer na cadeia Aécio na cadeia

Temer na cadeia Aécio na cadeia
Copiem e colem em seus perfis

domingo, 16 de outubro de 2011

CARPENDIA


O poema de amor restaura
O coração mais profusamente partido
Ou o faz doer feito fogo em lugar indevido
A letra mal formulada espanta o leitor da poesia
Um bom sentido rasga a cela da prisão mais bravia
Alitera a nostalgia que à letra da alegria dilacera
E carpendia a vida bela

ATEU POETA