Temer na cadeia Aécio na cadeia

Temer na cadeia Aécio na cadeia
Copiem e colem em seus perfis

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

REAL CONQUISTA


Desculpe se não sou o homem que dá flores, mas isso é tão démodé e sem graça poética
Tenho milhões de defeitos, mas, talvez, entre eles se esconda alguma grande virtude
Não faço do carro meu principal atrativo
Nem pago a bebida mais cara
Até por que, minha cara
Sobriedade é uma qualidade cara que respeito e procuro
O hedonismo de Epicuro foi desvirtuado e incompreendido
Há razões que o capitalismo não encontra
Que são afronta ao consumismo desenfreado
Por que um carinho comprado jamais teve consumada a real conquista
A felicidade é simples
Siga as pistas da mais pura cumplicidade e parceria
Nenhuma aporética transita nesta via
Somente a que você cria

ATEU POETA
11/02/2012