Temer na cadeia Aécio na cadeia

Temer na cadeia Aécio na cadeia
Copiem e colem em seus perfis

sábado, 24 de março de 2012

METÁSTASE

 
Será que a música e a poesia são uma só?
Será que a minha boca e a sua são duas ou uma fusão?
A imperfeição garante que tudo seja incompleto
Se existe paixão, amor ou qualquer outro sentimento de posse
É apenas obsessão
Uma compulsiva busca pelo elo
Um eterno duelo de completar-se
O inteiro não é mais que o inverso de uma catarse
Mas que sempre regressa à metástase de outrora
A vida não é mais que uma aurora
Uma quebra da matéria morta
Que por uma razão carbônica
Nessa orquestra filarmônica de hidrogênio
Nos permite o oxigênio da razão mnemônica
De todas as obras astronômicas
Nada é tão belo quanto a musa
Por que sem a mulher não haverá poeta
Ou qualquer obra de arte de valor que se produza
ATEU POETA
24/03/2012
14:16