Temer na cadeia Aécio na cadeia

Temer na cadeia Aécio na cadeia
Copiem e colem em seus perfis

terça-feira, 1 de janeiro de 2013

PARADOXO

PARADOXO

Há um preço a pagar por ser quem sou
Paradoxo para sempre reinará
Quem quiser desesperar daqui se vá
Poesia não dará sentido algum

Deixa estar que meu barco naufragou
O nobre capitão lançado ao mar
Velejar só na próxima estação
À deriva um coração jogado

O que será de quem nunca navegou?
Eu não devo oferenda pra ninguém
Nem vintém na vitela ao Boi-Bumbá
Ou prece sem pressa ao deus-dará

Um verso no seio do universo
É inverso à razão do meu cantar

ATEU POETA
O HISTORIADOR DE PACOTI
01/01/2013