Temer na cadeia Aécio na cadeia

Temer na cadeia Aécio na cadeia
Copiem e colem em seus perfis

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

PARNASO


PARNASO

Leva, Minerva, meus passos para além
Quem dera ter asas
Embriagar-me de tua sabedoria
Ou da loucura mais profunda de Nietzsche

Em outras eras esse Ateu Poeta voava
Em sonhos por mil mundos
Mas, pousando nesse lastro fundo
Planeta azul e sem nome

De homens que matam e destroem
A volta já não é possível
Meu lar é o aforismo dos teus lábios fugidios
Já nem sei se és Brígida, Idun ou Psiquê

Perdi os porquês de Clio
No Parnaso ou no horizonte

Ateu Poeta
O QUESTIONADOR

09/08/2013