Temer na cadeia Aécio na cadeia

Temer na cadeia Aécio na cadeia
Copiem e colem em seus perfis

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

SINFONIA ESPECTRAL


SINFONIA ESPECTRAL

No seio blues do arrebol
A luz do sol me mata
Como vampiro de Sumatra
Ou boêmio da Baviera

Canto no frio e na solidão
Porque o mundo é vão
Vil em todas as eras
De sonhos e quimeras

Universo nunca foi verso ideal
Em nenhuma poesia
Mas, sinfonia sem maestro
O macro é só espectro fractal

A euforia do medo não muda nada
Minha pluma em segredo não faz carnaval

Ateu Poeta
O QUESTIONADOR
Pacoti-Ceará, 28/11/2013