Temer na cadeia Aécio na cadeia

Temer na cadeia Aécio na cadeia
Copiem e colem em seus perfis

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

SONETO SIMPLES

SONETO SIMPLES

A vida não cabe num soneto
Mas que custa um sonho a mais
Antes da onda em Fortaleza
Das eleições no ano que segue

Ou que o acordo se quebre
Celebrando nova ogiva nuclear?
Nessa aresta inquieta
Ser poeta é o que me resta

Enquanto a serra vira sertão
E o sol me queima o juízo
Até o incisivo da constelação
Dívidas em desnível

E ainda apontam a ditadura
Como solução cabível

Ateu Poeta
O QUESTIONADOR
26/11/2013