Temer na cadeia Aécio na cadeia

Temer na cadeia Aécio na cadeia
Copiem e colem em seus perfis

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

NARCISO AO SOL


NARCISO AO SOL

Narciso salvou-se sem saber nadar
Ao comer a maçã de Idun que caíra
Um sopro de vida então lhe surgira
Por impulso pode cantar

Ver o mar e fazer poesia
Com asas de Ícaro pôs-se a voar
Carregada pela águia a viu passar
_Esta musa deu vida ao meu coração, pensou

Mas apenas pode pronunciar-lhe o nome
Em vão seria procurar o pomar
É sensato não querer alçar-se ao sol
Pousou em meio à indecisão

Sem Isis, Íris nem Aurora a contemplar o arrebol
Foi embora
                                                                                             
Ateu Poeta, O QUESTIONADOR

25/02/2014