Temer na cadeia Aécio na cadeia

Temer na cadeia Aécio na cadeia
Copiem e colem em seus perfis

quarta-feira, 30 de abril de 2014

NO AVESSO DO VERSO


NO AVESSO DO VERSO

Se não houver poesia
Seguirei sozinho a cantar
Cair? Só de espada em punho
Arte é minha voz

Foz do meu ser
Prazer, trabalho e sonho
Sustentáculo quando tudo desabar
É o que me repõe o ar

Depois do dia desaguar na escuridão
É nela que viverei
Num viveiro ou bosque
Víveres ou verve de algum coração

Suspenso no seio do universo
No avesso do verso em rotação

Ateu Poeta
30/04/2014