Temer na cadeia Aécio na cadeia

Temer na cadeia Aécio na cadeia
Copiem e colem em seus perfis

quarta-feira, 9 de abril de 2014

SEIO-ABISMO

SEIO-ABISMO

As curvas do teu corpo
Tiraram meu coração da reta
Divagando, Diva
Rumo ao teu seio-abismo

Perdido em poesia indireta
Estão turvas as águas do destino
Tua boca é o desiderato desatino
Que atina tudo em mim

Este peito de marfim
Não sabe quem canta lá fora
Se Ucóra, rouxinol ou sabiá
Somente uma certeza há

A luz do sol não é nada
Sem o brilho do teu olhar

Ateu Poeta

10/04/2014
Ateu Poeta, O Historiador de Pacoti. Tema Simples. Tecnologia do Blogger.