Temer na cadeia Aécio na cadeia

Temer na cadeia Aécio na cadeia
Copiem e colem em seus perfis

domingo, 4 de maio de 2014

A TEIA ATEIA

A TEIA ATEIA

Minha poesia nasce da dor
Fina flor que não fenece
E aquece meu coração
Desabrocha no chão

Brota um refrão que fere e cura
Transfere para os outros
 Toda a minha sepultura
Rouba dos aplausos

A vida que emana da plateia
E me devolve o sorriso
Lá do fundo do abismo onde perdi o ar
Emerjo, então, do submundo

Que o fogo a tudo ateia
A literatura é a teia ateia que me faz respirar

Ateu Poeta
04/05/2014

Ateu Poeta, O Historiador de Pacoti. Tema Simples. Tecnologia do Blogger.