Temer na cadeia Aécio na cadeia

Temer na cadeia Aécio na cadeia
Copiem e colem em seus perfis

terça-feira, 17 de junho de 2014

MAESTRO SEM MELODIA

 
MAESTRO SEM MELODIA

A vida vaporizou em várias paixões
Umas não mereciam o meu amor
Outras não passaram de ilusões
Algumas perdi por razões que desconheço

Viraram-me pelo avesso
Moeram todas as frações
Não sobrou coração nem verso
Muito menos viola, violino e violão

Nessa jornada sinestésica
Sem anestésico, pus o pé no chão
Virei androide sem sentido ao piano
Poeta sem fantasia ou plano

Tenor sem terno, temor e soprano
Maestro sem orquestra, batuta e melodia

Ateu Poeta
15/06/2014