Temer na cadeia Aécio na cadeia

Temer na cadeia Aécio na cadeia
Copiem e colem em seus perfis

quinta-feira, 10 de julho de 2014

ETERNO VAZIO


No dia em que não escrevo
Um eterno vazio em meu coração
Toma conta de tudo
Por isso não me atrevo

A perder esse frevo
Vínculo que me salva da solidão 
Se poeta é o que sou
Não voo sem plumas

Arriscando-me a não ser
A poesia não fenece
Mesmo que o mundo caia
E se estenda a mortalha mais sangrenta

Ela sempre virá
Radiante ou lenta

Ateu Poeta
10/07/2014