Temer na cadeia Aécio na cadeia

Temer na cadeia Aécio na cadeia
Copiem e colem em seus perfis

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

ODE AO ID


No crivo do imperceptível eu quis voar
Incrível era tudo em que um dia cri
Precisei me apaixonar para saber que estava vivo
Por os pés no chão para poder sonhar

Os idiotas narcisistas odeiam a democracia
A escravidão não foi embora
A ditadura deixou cria
Será tudo um circo magnífico sem pauta?

No espetáculo da ribalta
Apresentarei Nietzsche ao público platônico 
Que atônito verá destruída a sua fé
Em catatônico canto canônico

Nada de niilismo sobrará
Só aforismo

Ateu Poeta
03/11/2014