terça-feira, 10 de março de 2015

AFSÂNAS

AFSÂNAS

Mudar o mundo?
Não
Talvez mudas plantar
Emudecer?

Sei lá
Se preciso for
Enquanto a pluma não falhar
Poderei mergulhar no caos profundo
Do abismo mais moribundo de Thanátos

Artefatos de Lílith à Idun
Mero ibarium 
Afsânas de outra quitab 
Quem sabe

Enquanto xir existir 
Voarei por aí até o espaço chiar

Ateu Poeta
10/03/2015
Ateu Poeta, O Historiador de Pacoti. Tema Simples. Tecnologia do Blogger.