Temer na cadeia Aécio na cadeia

Temer na cadeia Aécio na cadeia
Copiem e colem em seus perfis

segunda-feira, 9 de março de 2015

PASSARINHO VERDE

PASSARINHO VERDE

Então, as ideias se vão
Esqueces tudo que antes te consumia
Sumiu de outrora todo o sentido
Mundo embebido na ânfora do agora
A âncora afora faz aferir o passado

Em estado de libido
Até que um passarinho verde
Traz a verve em sinfonia
Sintonia de Verne 

Poesia que nascera
Quando tudo havia sumido
A estrada não pensada

A tua cabeça volta ao rodopio
Arrepio ao gostar novamente do que já estava esquecido

Ateu Poeta
09/03/2015