terça-feira, 28 de abril de 2015

A GRANDE DEMÊNCIA


Amor é uma palavra para se ter cuidado
Porque quem tem amo é escravo
E quem ama domina
Então, quer amar ou ser amado?

Amar é domar
Apossar-se do outro ser
Desejar possuir
Mas merece ter?

Quem jura amor muito mente e até mata
Porque o amor é desejo de posse
Tem que se achar um meio que fosse
Menos cruel e que negasse o domínio

Que não resulte em extermínio
Mas que haja só carinho e afeto
Nunca a cólera e demência
O que será essa nossa carência de amar?

ATEU POETA
Ateu Poeta, O Historiador de Pacoti. Tema Simples. Tecnologia do Blogger.