Temer na cadeia Aécio na cadeia

Temer na cadeia Aécio na cadeia
Copiem e colem em seus perfis

segunda-feira, 4 de maio de 2015

DEUSES VERSOS ANCESTRAIS

DEUSES VERSOS ANCESTRAIS 

Nas coisas mais simples imperam os amperes da complexidade
Como a pata que tendo duas patas
É uma progressão aritmética homônima fractal
Fatores extensores primordiais de Ogum

Xogum de algum inferno astral
O homem inventa deuses e esquece os próprios ancestrais
Na neve a verde verve vive e em versos reverbera
A minha mente escrava tem um coração livre

Universo convexo pelo inverso templo da desconversão
Contraste no contralto da contracultura em concreta contração
Movimento lítero-musical remove montanhas 
Intolerância fisicultural patológica

Overdose de amora quimioterápica
Mera quimera antológica homeopática

Ateu Poeta
04/05/2015