domingo, 21 de junho de 2015

DELETÉRIA ILUSÃO

 DELETÉRIA ILUSÃO

A vida é um aforismo das pitonisas de Delfos
Árvore cheia de livros no deserto da solidão
Mulher linda de biquíni lá seio do vulcão
Meu coração que explode cada vez que te vejo

O meu desejo te manda um beijo, mas tu que dizes não
 Mitos de cemitérios semitas montam mil castelos de areia
Deletérios da sideral espaçonave em paralaxe delta e ômega
 Intergaláctica supernova de pulsares

Lobotomia na caixa de Pandora
Nebulosa em brancas nuvens
Cumulonimbus
Tempestade no fio da razão

Tua boca beira à loucura
És minha cura e mera ilusão

Ateu Poeta
21/06/2015
Ateu Poeta, O Historiador de Pacoti. Tema Simples. Tecnologia do Blogger.