segunda-feira, 13 de julho de 2015

NARCISO RENASCIDO

http://ateupoeta.blogspot.com.br/2015/07/narciso-renascido.html
NARCISO RENASCIDO

Sempre a mesma corja
Cidade da insanidade
Pedaço de carne jogada aos leões
A corrupção impera perfeita

Com pão, circo e rojões
E quem diria que Narciso sabia nadar?
Tio Patinhas renascido das cinzas
Viver para ver se isso vai prosperar

A justiça se rende no fim
É pescada na rede de quem paga mais
O bom mágico preserva seu às
Mistério que se desfaz

A nobre coroa do império
É posta na cabeça de Barrabás

Ateu Poeta
13/07/2015
Ateu Poeta, O Historiador de Pacoti. Tema Simples. Tecnologia do Blogger.