quarta-feira, 14 de outubro de 2015

ALARIDOS POR ALÁ

http://ateupoeta.blogspot.com.br/2015/10/alaridos-por-ala.html

ALARIDOS POR ALÁ

Imbecis da multiplicação
Um monte de amebas
Na era da informação
Hoje é um dia de fúria

É hora de matar judeus
E cometer injúrias
O mesmo destino serve para cristão
Curdo e ateu

E até a mesma religião
Quando menos se espera
Surge a explosão
Criando nova quimera

Muçulmanos em ação
Quem desenhar será punido
Embora que o terrorismo precise de exposição
Morrer dá grande libido

Pela tola promessa
De setenta virgens ser marido
Todos em guerra com muita pressa
Para agradar um mito descabido

Ateu Poeta
14/10/2015
Ateu Poeta, O Historiador de Pacoti. Tema Simples. Tecnologia do Blogger.