Temer na cadeia Aécio na cadeia

Temer na cadeia Aécio na cadeia
Copiem e colem em seus perfis

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

O SÓSIA CAP 11: RAINHA E REI

O SÓSIA CAP 11: RAINHA E REI


Enquanto Natasha fazia perguntas e mais perguntas, Ramiro por um instante olhou-a nos olhos e emudeceu, ela era mais linda do que qualquer mulher que já vira, mesmo na TV, seu olhos pareciam um par de safiras e aquele azul hipnotizou o Papa que já não escutava nada.

Um buraco é feito rapidamente no vidro da sala de interrogatórios pelo lado de fora e uma lata de refrigerante é jogada através da abertura.

_É uma bomba!_Gritou Natasha, mas antes de qualquer reação ela, Ramiro e todos os objetos dali foram jogados com furor contra a parede. Ambos caíram desacordados.

Dois segundos após a explosão islâmicos adentraram a sala de metralhadoras em punho. Quando Natasha abriu um dos olhos, balas saíam do teto e acertavam a testa de cada islâmico ali presente.


Natasha levanta ainda zonza e percebe Ramiro ainda estirado no chão, não havia sinal algum de batimento cardíaco. Ela iniciou um processo de massagem cardíaca e de ressuscitação e fez respiração boca a boca.

_Acorda, seu babaca!_Gritava com muita raiva.
_Você não pode beijar a boca do Papa durante o voto de castidade._Falou Ramiro de zoação. Natasha estirou a mão direita para dar-lhe uma bofetada na cara mas ele segurou-lhe os pulsos e jogou-a de lado e com um rápido movimento de quadril deitou-se em cima dela e olhou-a nos olhos profundamente.
_Um dia eu serei o rei do mundo e você será a minha rainha._ Ele aproximou o rosto do rosto da russa, que fechou os olhos esperando um beijo que não se concretizou. Ramiro apenas levantou -se rapidamente estendeu os braços para levantá-la.

De repente outras latas são jogadas na sala e Ramiro se assusta e sai correndo para trás da mesa de aço que estava retorcida mas ainda inteira. Do chão saiu um androide de uns 30 centímetro que se atirou sobre uma das bombas e a envolveu. Outros androides iguais envolveram cada uma das cerca de 50 bombas arremessadas.

Ouvia-se as explosões mas nenhum estilhaço fora lançado. Os androides se juntaram em grupos de 5 e se fundiram em 10 androides de  mais ou menos um metro e meio e pularam quebrando o resto do espelho blindado como se fosse de vidro comum.

Do lado de lá jihadistas com explosivos na cintura não tinham tempo de acioná-los pois os androides supervelozes ejetavam lâminas da palma da mão decepando os dois braços de cada homem-bomba em milésimos de segundo.

Ramiro estava boquiaberto e ficou ainda mais quando os androides chamaram outros do solo e se fundiram formando uma espécie de Toyota-troller com diversos armamentos antiaéreos e em seguida mais androides surgiram e se fundiram aos corpos de Natasha e Ramiro formando duas armaduras leves, confortáveis e completamente impenetráveis.

Ramiro sentiu-se um power ranger de algum mangá futurista onde a própria luz do Sol criara novos Sharivans.

_Que espécie de rei deixa a sua rainha para trás?_ Brincou a russa com um sorriso hirônico, talvez o segundo sorriso que dera em toda a sua vida.

Ramiro estava atordoado com tudo aquilo, permanecia impassível enquanto Natasha estrava no carro e a sala inteira tomava um novo formato. Que outras tecnologias a Rússia enconde do mundo? Pensou. Será que o Japão já está além disso? Dominar o mundo está parecendo uma tarefa mais árdua a cada dia.

Ateu Poeta
30/11/2015