Temer na cadeia Aécio na cadeia

Temer na cadeia Aécio na cadeia
Copiem e colem em seus perfis

domingo, 1 de maio de 2016

QUIMERA SEM COMPAIXÃO


http://ateupoeta.blogspot.com.br/2016/05/quimera-sem-compaixao.html
QUIMERA SEM COMPAIXÃO

A paixão é ferida aberta
Incerta
Deserta ao calvário do não
Solidão
Sob o peito sem leito
Com efeito

Faz sangrar tempestade e vulcão
Rarefeito
E sem dimensão
Ao sensato apavora
Mas, ao louco, que a ignora
Devora

Feito fera sem ração
Na prisão
Ofusca firme a razão
Nas pobres rimas do refrão
Dá vida
E guarida

Também leva ao caixão
Despedida
Há quem diga que é nobre
O desdobre
Mas, é mera evolução
Inodora solução

Sem calmaria nem compaixão
Adora
A qualquer preço
Sem demora
Nem apreço
Virar a mente do avesso

E nunca muda de endereço
Sempre aflora
Feito ferina canção
Sem ter hora
Como agora
Quimera que mora no meu coração

Ateu Poeta
01/05/2016