Temer na cadeia Aécio na cadeia

Temer na cadeia Aécio na cadeia
Copiem e colem em seus perfis

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

VERDADE CONTRA O VENTO

VERDADE CONTRA O VENTO

A honestidade é quase um mito
Eu fico aflito com esta canção
Impera sempre a lei do grito
Não importam quais os amperes da razão

A porta do ringue está sempre aberta
Principalmente para quem não sabe lutar
A vida se apresenta para te bater
Jamais para apanhar

O importante é o que se reverbera
E não o que a verdade alitera
Por estar em fragmentos
Aí vão em bora os elementos

Contra o vento é perigoso sonhar
Todos procuram nunca ter tempo
Perdendo até o que não têm
Porque dignidade é morrer estressado

Marasmo é o mar de quem perdeu o trem
A obsolescência só corrobora
Com a corrupção que aos pulos se aprimora
E não mora só em Brasília

Porque todo homem é uma ilha
A tempestade vai e vem
Cedo ou tarde
A sorte só existe ao se esquecer alguém

Ateu Poeta
24/10/2016
Ateu Poeta, O Historiador de Pacoti. Tema Simples. Tecnologia do Blogger.