Temer na cadeia Aécio na cadeia

Temer na cadeia Aécio na cadeia
Copiem e colem em seus perfis

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

A PEC DA MORTE

A PEC DA MORTE

A hipocrisia vem
De cavalaria
A gritar
Negros batalhões

Balas
Bombas
E rojões
Pra aprovar

A prova é esta
Cada PEC atesta
A festa em bloquear
Nas muralhas da ditadura

Homens sem armadura
A cantar
São cidadãos
Estudantes em ação

A protestar
As borrachas do poder
Não podem apagar
As marcas históricas

Se o fogo sangrou
Nesta data categórica
É porque o poder
Está a golpear

O povo inteiro
Que não é carneiro
Para a tudo
 Se ajoelhar

Os cassetetes
Ferem leis pétreas
No seu altar
É salutar para o Brasil

Que não se desista
Mesmo que 
A Mídia Fascista
Insista em demonizar

Criminalizando os movimentos
Sociais por intento
Que seguem atentos
Para a Constituição

Não desabar
Que o IPHAN faça mesmo
Esse maldito 
Temer tombar

Eunício não me representa
Não me venha falar
No meu Ceará
Sai pra lá, golpista!

Você está na lista
A sugar
Sem investimento
A nação só pode mesmo

 É afundar
Lamento
Que no Parlamento
Tenha tanta gente má

Gestores infratores
Grotescos tratores
Neste circo 
De horrores

Irão  de nós tudo tirar
O alvo é certo
Se fará deserto 
Para cá

Agora é o momento
De firme balançar o maracá
Porque a guerra
Já está declara

Com atentado
Até em Maricá
O cão que muito ladra
Morde com afinco

Se algum temor se demonstrar
Por isso mesmo temos
Que muito mais
Forte protestar

Ateu Poeta
30/11/2016