Temer na cadeia Aécio na cadeia

Temer na cadeia Aécio na cadeia
Copiem e colem em seus perfis

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

AI-18: ATO INSTITUCIONAL EUNÍCIO OLIVEIRA

AI-18: 
ATO INSTITUCIONAL EUNÍCIO OLIVEIRA

O tiro está dado
E é de fuzil
Na boca das crianças
Na cabeça dos pobres

E no seio do Brasil
Eu não sei o que se passa
Na mente
Desse Congresso imbecil!

Que só mente
Política demente
Nem tente entender 
Bando de parasitas

Ratazanas no poder
Ardilosas e esquisitas
O Brasil é um grande queijo
O fedor só aumenta 

No bolso dos banqueiros
Arqueiros que flecham 
O dinheiro quase inteiro
Do Produto Interno Bruto

Anual 
Tudo em favor 
Desse sistema capital
Que a tudo menospreza

Exceto o que não tem valor algum
Falam tanto de Deus
Mas, não importa se você é ateu
Espírita, cristão, judeu

Ou filho de Ogum
O peso no seu pescoço 
É o mesmo
Tanta luta a esmo

Para esses bandidos
Darem outro golpe
Alguns patos paspalhos
Já estão arrependidos

Mas, a maioria é cega
E ainda se nega a aceitar
O que se está a ceifar
Quem mais comete sonegação

Promete
Com hipocrisia de ladrão
Prender quem rouba mais
Mas, só aos desfavorecidos

É que não deixará em paz
Mesmo após o aqui jaz
Nossos descendestes
Sentirão, estridentes

O ranger do dissabor
Saberão na prática
Que fim deu essa tática
Suicida do pavor

PEC 55, antiga 241
É de Eunício Oliveira
Rasteira desse porte
É pura PEC DA MORTE

AI-18, Ato Institucional
Para provar que a ditadura
Não é nenhum carnaval
Tem mais desgraça no arsenal

Mas, já passou a principal
Com rapidez fenomenal
O povo perdeu de vez
Toda a sua altivez

Ateu Poeta
13/12/2016