Temer na cadeia Aécio na cadeia

Temer na cadeia Aécio na cadeia
Copiem e colem em seus perfis

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

A CAVERNA SELVAGEM

A CAVERNA SELVAGEM

Entre a selva e a caverna
A sanidade se encerra
A humanidade erra
Porque sempre se enterra

Em sua infinita pequenez 
A embriaguez da guerra
Corrói mulheres e crianças
Entre logo nesta dança

Pois chegou a sua vez
Este inferno de fogo ferra o meu coração
A Síria sangra sem paz
Com a fúria de um vulcão

Sobre o cais
Poucos se levantam dos escombros
O céu cai sobre os ombros
Do homem primata

Que morre e que mata
Totalmente sem noção
Terremoto de poeira
Esmaga o cidadão

Fronteiras se fecham
O mar não é solução
A fé cega sob imposição
Império que se apega

À corrupção
A expansão está acima da massa
Ultrapassa a razão
O rolo compressor

Passa de avião
Rebeldia, terrorismo e alienação
Show da ganância em ação
Cada bomba a mais

É nova câmara de gás
Como no holocausto dos judeus
Não aparecerá nenhum deus
Os pulmões já não respiram mais

Ateu Poeta
12/01/2017