sábado, 29 de abril de 2017

EU VOU JOGAR CAPOEIRA

EU VOU JOGAR CAPOEIRA

Não importa se é ateu
Da umbanda ou Candomblé
Pra jogar capoeira
Você tem que ter axé

Ter axé, ter axé, você tem que ter axé
Ter axé, ter axé, você tem que ter axé
Ter axé, ter axé, você tem que ter axé
Ter axé, ter axé, você tem que ter axé 

É na esquiva
É na malícia
É na mandinga
É na ponteira

Ter axé, ter axé, você tem que ter axé
Ter axé, ter axé, você tem que ter axé
Ter axé, ter axé, você tem que ter axé
Ter axé, ter axé, você tem que ter axé 

Já quebrei minha corrente
Não queira outra me botar
Hoje eu vivo contente
Eu vou jogar, eu vou jogar

Ter axé, ter axé, você tem que ter axé
Ter axé, ter axé, você tem que ter axé
Ter axé, ter axé, você tem que ter axé
Ter axé, ter axé, você tem que ter axé 

Se o meu amigo Bodó
Estivesse aqui jogando
Com João Doido e o Piu
O mundo estaria cantando

Ter axé, ter axé, você tem que ter axé
Ter axé, ter axé, você tem que ter axé
Ter axé, ter axé, você tem que ter axé
Ter axé, ter axé, você tem que ter axé 

Ateu Poeta
29/04/2017
Ateu Poeta, O Historiador de Pacoti. Tema Simples. Tecnologia do Blogger.