quarta-feira, 25 de abril de 2018

SAMURAI


Você pensa que quer 
Respostas prontas
Com muita sanidade
E qualidade sem esforço
Por isso apronta
Apressa e afronta
Catarse a esmo
Porque você quer mesmo
É o caroço desse angu
A sua vaidade
É pantera feroz
Fênix macabra
Abracadabra
Espada Queiroz 
Que arrasta para o caos
Você quer a escopeta
A batalha
A sarjeta
Fera-fêmea-capeta
Você busca, na verdade
A pura intensidade
Aquilo que lhe invade e perpetra
Chega e penetra
Com fúria e calma 
Sem pedir licença ao mundo
Entra e não sai
Fere forte 
E fura fundo 
A sua alma samurai

Ateu Poeta
25/04/2018

quinta-feira, 19 de abril de 2018

COLISEU


COLISEU

Coliseu era o antigo
Fliperama
Amante da morte
Onde a sorte engana

Ateu Poeta
19/04/2018

SOFISMA SUPREMO

SOFISMA SUPREMO

O universo é filho sem pai
Verso sem poeta
Poesia sem poética
Profecia sem profeta
Diálogo sem dialética
Drummond sem aporética
França sem avião
Franco sem franquia
Sofisma sem ditador
Jovem sem juventude
Confraria sem explorador
Surfista sem prancha
Em um mar de tubarões
Artista em Camarões
Que nunca leu Camões
Jornada que segue em vão
Gérmen sem semeadura
Não sabemos nem
Se vão
As peças desta
Arquitetura
De ilusão
No seio da fissura
Demão sem tinta
Extinta mão

Ateu Poeta
19/04/2018

quarta-feira, 18 de abril de 2018

ARMA QUÍMICA

ARMA QUÍMICA

Não é disfarce fácil
E talvez até clichê
Mas, a minha vida não faz
Mais sentido sem você

Uma mina inteira
Que só beira à ilusão
Esse sorriso grácil
É Vesúvio em erupção

Cada vez que me disse não
Uma nova arma química 
Acertou o meu coração

Seu olhar é um míssil teleguiado
O meu peito é a Síria
Eu sou um rebelde desarmado

Ateu Poeta
18/04/2018

quarta-feira, 11 de abril de 2018

QUAL É?

QUAL É?

Não é questão de tempo
Então, qual é?
Remar contra a maré
É só pra quem tá vivo

Na paralaxe do crivo
De antemão
Do pescotapa ao camburão 
A confraria é doente sempre

Romaria no portão quebrado
Brado ecoado contra a prisão
A elite segue crackeando
 Viralizando seu nazifascismo 

Capitalismo do Sangue faz look
Já subiram as ações do Facebook

Ateu Poeta
11/04/2018

sexta-feira, 6 de abril de 2018

CAÇADOR

CAÇADOR

Roubou 
Minhas asas 
De condor
E voou
A vida virou
Um liquidificador
Sabendo que não 
Nasci 
Pro chão
Solidão
Vou 
Aprendendo 
A caçar 
Escorpião

Ateu Poeta
06/04/2018